Busca
    

Alocação passiva mascara a volatilidade

Edição 294 Quantidade de investimentos passivos pode estar afetando a volatilidade dos ativos  O aumento dos investimentos passivos pode estar afetando a medida da volatilidade implícita no mercado de curto prazo, dizem alguns gestores. Com o índice de Volatilidade da Troca de Opções da Diretoria de Chicago, mais conhecido

Mercado acionário está caro, diz estudo do BofA

Edição 293 Para especialistas ouvidos pelo banco, mercado de ações americano apresenta preços mais elevados Um número recorde de gestores de recursos avalia que o mercado global de ações está acima de seu preço justo, de acordo com pesquisa do Bank of America Merrill Lynch (BofA). O levantamento mostra

Disputa pelo crédito

Edição 292 Gestores especializados assediam os fundos de pensão para negociar carteiras de créditos inadimplentes  Os fundos de pensão, com carteiras de crédito contaminadas por calotes, estão sendo cortejados fortemente por empresas que atuam no nicho de recuperação de créditos inadimplentes. Após a mais severa crise de crédito ter

Smart beta entra em jogo

Edição 292 Fundos de pensão começam a estudar aplicação de índices de fatores em renda variável após retomada do mercado de capitais brasileiro Os fundos de índice com exposição a fatores, conhecidos como smart beta, devem começar a entrar nas estratégias dos fundos de pensão que voltam à renda

A bola da vez

Edição 292 Gestores esperam que small caps tenham performance acima da média no mercado nos próximos meses, beneficiadas pela retomada da economia Os gestores de recursos que atuam na renda variável acreditam que o desempenho das small caps deve ser superior ao dos demais papéis negociados no mercado brasileiro

Vencimentos em série

Edição 292 Vencimento expressivo de títulos públicos indexados à inflação força fundações a buscarem alternativas para destinação dos recursos Um grande lote de títulos públicos indexados à inflação vai vencer ao longo de 2017, montante que os gestores do mercado estimam entre R$ 50 bilhões a até R$ 90 bilhões, o

Fundações desinvestem em renda variável

Edição 292 Entidades como Previ e Petros vendem posições em companhias listadas As grandes fundações de estatais recentemente realizaram desinvestimentos na carteira de renda variável, aproveitando oportunidades do mercado para gerar mais liquidez e rentabilidade aos seus planos. Um dos movimentos realizado foi a venda conjunta da CPFL Energia,

Inflação e juros em queda

Edição 289 Com desinflação, queda da Selic e aprovação do teto dos gastos, o mercado já aposta na retomada das atividades econômicas no segundo semestre Consolidados das projeções macroeconômicas / Consolidado das projeções de demanda por ativos / Projeções Macroeconômicas para o final de 2017 / Projeções de Demanda de Ativos para

Desinflação é a boa nova

Edição 288 Em meio à forte recessão e crise política, a boa notícia da virada do ano é a retração do ritmo inflacionário que permitirá aceleração no corte da Selic Projeção para o final de 2017 / Projeções de demanda por ativos ao final de 2017 / Projeções Macroeconômicas Não há

Retornos sem sustos

Edição 288 Gestores preveem que institucionais devem obter rentabilidade suficiente para bater metas sem incorrer em riscos demasiados ao longo de 2017 Projeções de Demanda de Ativos Apesar do cenário de queda da taxa de juros previsto para 2017, o segmento de títulos públicos deve continuar aquecido entre os

VídeosOnline

Mais lidas de Investidor Institucional em 3 meses

Mais lidas de InvestidorOline em 1 mês